Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

Rating: 3.1/5 (1490 votos)



ONLINE
2






FRASES DE EFEITO

 

 

Carta aos Efésios, capítulo 6, do versículo 10 ao 20, diz: "10. No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder. 11. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo. 12. Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. 13. Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes. 14. Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça; 15. E calçados os pés na preparação do evangelho da paz; 16. Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno. 17. Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus; 18. Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos, 19. E por mim; para que me seja dada, no abrir da minha boca, a palavra com confiança, para fazer notório o mistério do evangelho, 20. Pelo qual sou embaixador em cadeias; para que possa falar dele livremente, como me convém falar."

Texto 2: Outra versão da Palavra de Deus em Efésios 6:12, diz: "Porque não temos a lutar contra a carne e sangue, senão contra os principados, contra as potestades, contra os poderosos do mundo, das trevas deste século, contra as milícias espirituais nos ares."

 

O texto 2 acima se mostra mais coerente pois não repete o mesmo significado de principado e príncipes.

 

1. A doutrina das frases de efeito do meio evangélico. No meio chamado evangélico, com o advento dos líderes poderosos, homens-ídolos, igreja de marketing, igreja das negociatas, igreja do mercado cristão, igreja politiqueira, foi surgindo progressivamente uma característica comum deles e do seu povo seguidor: As poderosas frases de efeito.

 

As frases de efeito, usadas pelos chamados de evangélicos, tiradas da Palavra de Deus, foram ajustadas como palavras de ordem para: a. Controlar, dominar e alienar a multidão de ouvintes, da mesma forma das frases usadas por artistas e políticos para embriagar a multidão idólatra e cega, mercenária e útil e, b. Como respostas prontas, com a aparência de sabedoria divina, para não precisar explicar o que diz, e encerrar o assunto; c. Favorecer, trabalhando para fortalecer Satanás, que age através dos espíritos enganadores, principados e potestades no meio do povo e, assim, quanto mais frase de efeito e menos entendimento da Palavra de Deus com discernimento dos espíritos, mais fácil manipular os escravos espirituais.

 

Tendo em vista que as frases de efeito são uma estratégia de Satanás para edificar seu trono de domínio e manipulação, usando a Palavra de Deus, fui impulsionado para escrever sobre o assunto e, em parte, apresentei as expressões mais comuns, do tipo: "Não toque no ungido", "Só Deus pode julgar", "Não fale mal do irmão", "Eu profetizo", "Deus sabe do meu coração", "Quem você pensa que é?" e outras, que podem ser encontradas em capítulo próprio "I. A poderosa doutrina evangélica das frases de efeito." contida no Livro Online "IDOLATRIA EVANGÉLICA - DÍZIMOS E OFERTAS" - clique para acessar.

 

Conforme a situação, uma frase de efeito é usada em conjunto com outra(s) frase(s) de efeito.

 

Não entrarei nos pormenores das frases de efeito acima mas deixarei a confirmação neste breve estudo de que, Efésios 6:12, é mais uma das sábias e astutas frases de efeito e, também, desmascarar o inimigo, mostrando a real dimensão dessa frase, que é ocultada pelos poderosos e idolatrados líderes do meio que se chama evangélico.

 

2. Sabedoria terrena e maligna. Quando essa frase é usada, dá a sensação de que, quem está agindo ou envolvido em uma situação de argumentação, para quem foi dirigida a frase, é lançado literalmente para o espaço, para o vazio, como se, o que estivesse fazendo na terra é algo inútil e deve calar e encerrar o assunto. Normalmente, essa frase é usada em conjunto com "Só Deus pode julgar", "Não toque no ungido", "Não fale mal do irmão", enfim, como se os argumentos não pudessem ser satisfeitos ou tratados na dimensão terrena, entre as pessoas, como se algo de inacessível estivesse em questão, impossível para ser tratado na esfera dos interlocutores.

 

Normalmente, também, essa frase é usada no meio de uma argumentação sobre casos de pecados e de falsos irmãos, falsos ungidos, falsas doutrinas, repito, normalmente, usam a frase para tentar calar quem está falando a verdade, removendo astutamente o foco com uma sabedoria terrena e maligna e, pior, usando o Palavra de Deus.

 

3. Interpretando a frase de Efésios 6:12. "Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais."

 

Antes, vou incluir da Palavra de Deus o texto de 1 Timóteo 4, versículos 1 e 2, que diz: "Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demónios; Pela hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência;"

 

Qual a dimensão disso?

 

Quando estou enfrentando "na cara" um falso irmão, um falso apóstolo, um falso profeta, uma pessoa com espíritos enganadores e demônios, estou enfrentando espíritos de principados, potestades, forças espirituais da maldade, que são regidos neste mundo por uma fonte, pelo dono do reino das trevas que possui multiformas de manifestar-se através das pessoas em defesa e para propagação do seu reino tenebroso.

 

Convém atentar para isso! Esses espíritos, os quais não são carne e nem sangue, estão na pessoa com quem estamos lidando, por isso, a luta não é contra a carne e sangue. Esses espíritos estão e falam através das pessoas.

 

Entretanto, os líderes poderosos, homens-ídolos da igreja de marketing, da igreja das negociatas, da igreja do mercado cristão, da igreja politiqueira, da igreja da teologia da prosperidade, da igreja dizimista com terrorismo mental, da igreja do ré-té-té com espíritos de demônios, da igreja dos enganadores e enganados, não querem que o povo saiba disso porque, para alguém agir com desonestidade, arrogância, mentira, fraude, crime, avareza, soberba, sedução, lisonjas da hipocrisia, dissimulação, sensualidade, doutrina de demônio, doutrina da lei, abusando e usando ovelhas sem entendimento, esses precisam ter um espírito dentro deles e, assim, a luta é contra eles diretamente, pois, são filhos do engano, filhos do diabo, conforme diz e denuncia a Palavra de Deus para que não sejam seguidos, nem ouvidos e ninguém seja participante ou conivente das suas obras com iniquidades.

 

Quem convive num meio assim vive debaixo da ação de espíritos enganadores. Os espíritos enganadores fazem tudo parecido com o que o Espírito Santo faz, somente parecido.

 

Por isso, também diz a Palavra de Deus que, nada se julga pela aparência mas, sim, pela reta justiça com discernimento dos espíritos. A reta justiça é a Palavra de Deus. Discernimento dos espíritos é dom do Espírito Santo.

 

Quando converso com alguém, quando argumento com alguém, sei que nesse alguém há um espírito.

 

Mas, nisso, o zelo e discernimento de espíritos pois, em tudo, temos que ter a confiança, autoridade e a Palavra de Deus em nós, para que o mal seja vencido pelo sopro da boca do Cordeiro, que fala com poder através dos santos.

 

Essa breve interpretação, ampla e poderosa, alcança líderes denominacionais com espíritos enganadores e os seus defensores e seguidores que nada mais são do que escravos espirituais, dominados e manipulados pelo espírito do líder.

 

Em todos há um espírito.

 

Repito, necessário muito cuidado e discernimento para não entrar em argumentações que não trarão seus efeitos mas, somente naquelas que, verdadeiramente, ajudarão a guardar o rebanho do Senhor para que haja santidade, amor e paz, conforme a sã doutrina.

 

Sergio Luiz Brandão